Microagulhamento cirúrgico

Desde 1995 são publicados trabalhos sobre a utilização de agulhas e seus efeitos na estimulação de colágeno. Nos últimos anos, o método foi evoluindo, até que um cirurgião plástico sul-africano, chamado Desmond Fernandes, criou o rolo de micro agulhas. Desde então, as pesquisas não param e comprovam cada vez mais seus benefícios.

Imagem Microagulhamento cirúrgico

Desde 1995 são publicados trabalhos sobre a utilização de agulhas e seus efeitos na estimulação de colágeno. Nos últimos anos, o método foi evoluindo, até que um cirurgião plástico sul-africano, chamado Desmond Fernandes, criou o rolo de micro agulhas. Desde então, as pesquisas não param e comprovam cada vez mais seus benefícios.

O microagulhamento cirúrgico vem se mostrando eficaz no tratamento de rugas, estrias, melasma, cicatrizes cirúrgicas e de acne, melhora da qualidade da pele, da flacidez das pálpebras e olheiras, pois ele estimula a produção de colágeno por meios das agulhas.

Estudos indicam que, por não queimar a pele, microagulhamento cirúrgico melhora a qualidade do colágeno formado. Ele pode aplicado em todos os tipos de pele, diferente dos peelings médios e profundos e alguns lasers, que não podem ser feitos em pele morenas e negras.

Os primeiros resultados na pele já podem ser vistos em apenas 2 semanas e os estímulos de colágeno permanecem por até 3 meses. Ainda assim, estudos indicaram que o colágeno produzido na pele pelo tratamento pode permanecer após 2 anos.

 

Clínica Sitonio

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

+ sobre a clínica
×
Olá, posso ajudar?