Envelhecimento do pescoço - Clínica Sitonio

Envelhecimento do pescoço

Olá, tudo bem?

Às vezes a gente se preocupa muito com uma bela maquiagem, em tratar bem o rosto e cuidar bem das mãos, mas esquece de uma região muito importante: o pescoço.

O pescoço fica muito exposto ao sol e a gente geralmente esquece de passar o protetor solar, e aí entrega mesmo a idade.

Agora, ficar sem usar um colar bonito, um decote bonito, porque o pescoço não está legal? Nada disso!

Eu sou Dra. Renata Sitonio, sou dermatologista, e hoje nós vamos conversar um pouco sobre pescoço.

Não esqueça de me acompanhar nas redes sociais, no Instagram, @dicadedermato, e no Youtube no canal Clínica Sitonio, onde você pode se inscrever. É só clicar no sininho e receber as atualizações do nosso canal.

O rosto tem muito mais poros do que o pescoço. Se a gente pegar uma lente de aumento, vai poder ver. Por isso, a capacidade de renovação da pele do pescoço é bem menor que da pele do rosto.

Você tem menos hidratação no pescoço, além de uma capacidade de nutrição diferente. A pele do rosto vai envelhecer num ritmo bem menor quando comparada com a pele do pescoço, por isso, tem que lembrar de passar protetor solar e creme no pescoço.

Se você não quiser comprar um creme especificamente para o pescoço, você pode, por exemplo, usar aquilo que sobrou na sua mão do creme do rosto e passar na região.

Evite passar de cima para baixo, procure passar sempre no sentido antigravitacional, de baixo para cima. Só não se esqueça de hidratar o seu pescoço, está bom?

Se você estiver usando um ácido no rosto, que seja mais forte, um ácido retinóico, você tem que conversar com seu dermatologista e ver se dá para passar esse creme no pescoço também. Porque a pele do pescoço é mais frágil do que a pele do rosto, e às vezes não aguenta um creme assim tão forte.

Não dá para esquecer também do filtro solar, nós temos que lembrar que o sol é a principal causa de envelhecimento da pele, e o pescoço, por ter uma pele muito fina, sofre mais com os efeitos do sol.

 

Quais são os sinais do envelhecimento do pescoço?

Flacidez, as manchas, as linhas que aparecem nas laterais do pescoço, a papada. A prevenção é muito importante, mas se já existem sinais de envelhecimento, a gente pode tratar com procedimentos minimamente invasivos, até porque a cirurgia plástica para tratamento do pescoço é muito limitada.

Para as manchas, aquelas que ficam na lateral do pescoço, a gente pode fazer luz pulsada, que tem um resultado muito legal para o clareamento dessas manchas, e também para estimular a produção de colágeno.

Já para aquelas ruguinhas que ficam na lateral, a flacidez, a papada, tem tratamentos como a aplicação de hidroxiapatita de cálcio, que estimulam o colágeno e devolvem a firmeza do pescoço.

Eu gosto muito de associar esse tratamento com o Exilis, que é uma radiofrequência monopolar, mais potente do que as bipolares ou tripolares porque a energia não se espalha pela ponteira e penetra mais profundamente na pele.

São feitas duas a três sessões de hidroxiapatita, e essas sessões são mensais. E mais ou menos 4 sessões de radiofrequência, nesse caso as sessões são semanais.

Então pessoal, é importante saber que o pescoço é uma área legal de tratar, porque ele envelhece antes da pele do rosto, e existem cuidados específicos para essa região.

Gostou do vídeo? Curta, comente, deixe aqui suas dúvidas que eu terei o maior prazer em responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Olá, posso ajudar?